Número total de visualizações de página

quinta-feira, julho 30, 2009

ui tão bom...


hmm...
sabe tao bem isto..





damn...




tu que apareces nesta foto em cima..se vires isto deixa o mail que tenho uma surpresa para ti.













adoro a tua cama..
nao faças muito barulho..


tao bom...




segunda-feira, julho 27, 2009

Seu Jorge - Sao Gonça(pretinha..)



isto é tao fixe...

Vai Embora.


Não sei mais o que fazer da minha vida sem você
Agora que se foi eu sofro tanto, eu sofro tanto
Sem teu amor

Minha linda não sei mais, o que fazer pra agüentar
Agora que se foi eu sofro tanto, eu sofro tanto
Sem teu amor

Minha linda teu amor, não vale tudo que passei
Agora que você ja foi embora, eu posso então ser
Bem mais feliz

Bem mais feliz

Bem mais feliz

Bem mais feliz.


obs: ja chega pronto.


domingo, julho 26, 2009

Primavera




obs: grandes videoclip's têm estes senhores..

Primavera se foi e com ela meu amor
Quem me dera poder consertar tudo que eu fiz
O perfume que andava com o vento pelo ar
Primavera soprando pr'um caminho mais feliz

Mais feliz, pois a rosa que se esconde
No cabelo mais bonito, é um grito
Quase um mito, uma prova de amor

Primavera se foi, e com ela essa dor
Se alojou no meu peito devagar
A certeza do amor não me deixa nunca mais
Primavera brilhando em seu olhar
E o olhar que eu guardo na lembrança
Ainda traz a esperança
de te ter ao meu ladinho numa próxima estação

Primavera se foi e com ela meu amor
Quem me dera poder consertar tudo que eu fiz
O perfume que andava com o vento pelo ar
Primavera soprando pr'um caminho mais feliz
Mais feliz, mais feliz,...

Azedume, minuto e meio de sufoco e desabafo,



coloquei este link porque é que o que tem o som em melhor qualidade.

Tire esse azedume do meu peito
E com respeito trate minha dor
Se hoje sem você eu sofro tanto
Tens no meu pranto a certeza de um amor
Sei que um dia a rosa da amargura
Fenecerá em razão de um sorriso teu
Então, a usura que um dia sufocou minha alegria
Há de ser o que morreu
Então, a usura que um dia sufocou minha alegria
Há de ser o que morreu

Dai-me outro viés de ilusão
Pois minha paixão
Tu não compras mais com teu olhar
Leva esse sorriso falso embora
Ou fale agora que entendes meu penar
A lágrima que escorre do meu peito
É de direito, pois eu sei que tens um outro alguém
Mas peço pra que um dia se pensares
Em trazer-me seus olhares
Faça porque te convém
Mas peço pra que um dia se pensares
Em trazer-me seus olhares
Faça porque te convém

Los Hermanos - Tenha Dó.


ando a descobrir os albuns destes 4 brasileiros de barba..ainda vou no album de 99 e vejo lá grandes letras,bons ritmos,bem tocado,boa onda de verao e calor....muito bom!

Confesso que nunca tive uma ideia muito positiva destes senhores,é estupido eu sei,mas fui levado pelas milhares de vezes que fui obrigado a ouvir a Ana Julia,mas depois de ouvirmos as outras musicas,a onda que eles transmitem,do que querem dizer,os arranjos,as influencias e tudo mais fico a pensar,(que Deus me perdoe pelo que vou dizer),mas acho que estes rapazes sao uma espécie de Ornatos das terras de Vera Cruz.
Sei bem que nao há comparação,mas as letras,o que falam,as metáforas,a forma de falar tao directa..okay nao tem nada a ver,mas gostei pronto.tenho aqui na playlist o album de 99 e depois tenho o "Cão" e um a seguir ao outro cai bem.
pronto.
Vá!!
se puderem investiguem que vale a pena.



Não vou mais te perdoar, Você foi longe demais
Meu amor, não sou tão só assim

Não consigo entender me trocar por outro alguém
Traição já é demais, então você me diz

Que me ama, que sem mim você não vive
Que foi apenas um deslize, que você preza pelo meu amor

Tenha dó, não mereces o afago nem de Deus nem do Diabo
Quanto mais da mão que um dia eu dei pra ti

A saudade vai bater mas o meu amor se vai
Tempo voa e quando vê já foi

Não me fale de nós dois, não preciso mais saber
Indo embora, deixo-te um adeus ao vir dizer

Que me ama, que sem mim você não vive
Que foi apenas um deslize, que você preza pelo meu amor

Tenha dó, não mereces o afago nem de Deus nem do Diabo
Quanto mais da mão que um dia eu dei pra ti...

LaiáÂ… laiáÂ… laiá...
Laraia...
LaiáÂ… laiá... laiá...
Laraia...

obs: isto nao é para ninguem,nao tem intençao nenhuma,simplesmente é uma das boas musicas do album,queria por a Azedume,mas nao encontrei um videozinho á maneira. ja pesquiso um pouco mais.
inté!

Frase do dia.

"Temos de lutar para acabar com o fascismo", diz João Jardim

Belo casamento!!!

Que no YouTube existem inúmeros vídeos de casamentos não é novidade para ninguém. Contudo, o de Kevin e Jill Peterson tornou-se num verdadeiro sucesso: É que no início da cerimónia, o casal, os padrinhos e as damas de honor surpreenderam os restantes convidados com uma animada coreografia, ao som de "Forever", de Chris Brown.

Em apenas uma semana o vídeo já foi visto mais de seis milhões de vezes e tem cerca de 35 mil comentários. Em entrevista à NBC, o casal do Minnesota explicou que a ideia da coreografia foi da noiva, sendo uma forma de "expressar e partilhar a alegria" que sentia por se casar.

O vídeo dura apenas cinco minutos e, dizem os noivos, a dança foi ensaiada apenas uma vez antes da cerimónia. Tirando os participantes na coreografia, mais ninguém sabia que a entrada na igreja seria feita daquela forma.

obs: realmente isto sim é uma bela ideia de se casar, ainda que seja na igreja,nao quer dizer que tenha de ser igual a tantos outros,original,alegre,bem disposto,romantico,e com os amigos todos ali por perto!

muito bom!!!


remédio.

parece que ja nao posso escrever o que me apetece,diz-se que me faço passar por algo que nao sou,ou entao sou algo que nao digo sêr. e sou "estranho".

ha bom remédio para isso. "andamento!".
vou dormir.

quinta-feira, julho 23, 2009

Borboleta - Manel Cruz. para quem nao tinha lido bem)



É mesmo para repetir e para lerem bem.

Se eu largar eu sinto a sua falta
Se eu agarro ela perde a côr
Ela não é dos meus dedos
É dos meus medos

E faço-me passar por uma flor
Tento imaginar o que ela diz
À espera de aprender

À face da rua existe a lua
Mas não é tua
À margem da estrada não há nada
Mas já te agrada
Tu és o teu mundo
Tu és o teu fundo
Tu és o teu poço
És o teu pior almoço
És a pulga na balança
És a mãe dessa criança
És o mal
És o bem
És o dia que não vem

Agora pára de fazer sentido
Não vês que assim estás a pisar fora da estrada
Vê se agora páras de fazer sentido
Não vês que nada nos dirá mais do que nos diz nada

Vê que o meu coração ainda salta
Quer e julga ser capaz
Não o faça por meus medos
Faça nos dedos
E eu fico para ver o que ele faz
Sem imaginar o que eu não fiz
À espera de viver

À face da chama existe a fama
Mas não te ama
À margem do nada não há estrada
Já não te agrada
Tu és o teu preço
És a tua glória
Tu és o teu medo
És a parte má da história
Vê que o sol ainda brilha
Ainda tem por onde arder
Não é mau
Não é bem
São razões para viver


Agora pára de fazer sentido
Não vês que assim estás a pisar fora da estrada
Vê se agora páras de fazer sentido
Não vês que nada nos dirá mais do que nos diz nada

Se eu largar eu vou sentir a sua falta

Tu és tu sempre que tu és
És mesmo tu quando pensas que és outra coisa
E tu pensas que não mas tu és mesmo bom a ser sempre
Quem és
Daí o teu motivo ser inapagável
Daí o teu desejo ser incontornável
O prazer é tão maleável
Daí o seu valor ser inestimável

all of me, Billie Holiday



esta musica sempre me matou. sentado num chão qualquer.

Los Hermanos-Cara Estranho




Olha só, que cara estranho que chegou
Parece não achar lugar
No corpo em que Deus lhe encarnou
Tropeça a cada quarteirão
Não mede a força que já tem
Exibe à frente o coração
Que não divide com ninguém

Tem tudo sempre às suas mãos
Mas leva a cruz um pouco além
Talhando feito um artesão
A imagem de um rapaz de bem

Olha ali, quem tá pedindo aprovação
Não sabe nem pra onde ir
Se alguém não aponta a direção
Periga nunca se encontrar
Será que ele vai perceber?
Que foge sempre do lugar
Deixando o ódio se esconder

Talvez se nunca mais tentar
Viver o cara da TV
Que vence a briga sem suar
E ganha aplausos sem querer

Faz parte desse jogo
Dizer ao mundo todo
Que só conhece o seu quinhão ruim
É simples desse jeito
Quando se encolhe o peito
E finge não haver competição
É a solução de quem não quer
Perder aquilo que já tem
E fecha a mão pro que há de vir.

Tonino Carotone




Me cago en le amor

E' un mondo difficile
e vita intensa
felicita' a momenti
e futuro incerto
il fuoco e l'acqua
con certa calma
serata di vento
e nostra piccola vita
e nostro grande cuore

Porque voy a creer yo en el amor
si non me entiende no me comprenden tal como yo soy
Porque voy a creer yo en el amor
si me traiciona y me abandona cuando major estoy
No sabemos muy bien entre tu y yo
y aunque parezca no tienes la culpa la culpa es del amor

E' un mondo difficile
e vita intensa
felicita' a momenti
e futuro incerto

No puedo convencer a mi corazon
si yo no dudo y estoy seguro que el tiene razon
No voy a asesinar esa sensacion
si yo la quiero yo la deseo aunque me de' dolor
Yo no quiero sufrir pero aqui' estoy
y estoy sufriendo y no me arrepiento me cago en el amor

E' un mondo difficile
e vita intensa
felicita' a momenti
e futuro incerto
il fuoco e l'acqua
con certa calma
serata di vento
e nostra piccola vita
e nostro grande cuore

Porque voy a creer yo en el amor
si non me entiende no me comprenden tal como soy yo
Porque voy a creer yo en el amor
si me traiciona y me abandona cuando major estoy
No sabemos muy bien entre tu y yo
y aunque parezca no tienes la culpa la culpa es del amor
Yo no quiero sufrir pero aqui' estoy
y estoy sufriendo y no me arrepiento (me cago en el amor) me cago en el amor

Me cago en el amor
Me cago en el amor

Vita mia

E' un mondo difficile


quarta-feira, julho 22, 2009

Eyptin Wholi.



Este é um exemplo do trabalho de um grande amigo meu,o "careca" eheheh mais conhecido por

Eyptin Wholi.

Da cidade do Sado,esteve por Barcelona um bom tempinho onde teve as melhores influencias(como é normal naquela cidade),e está a lançar-se ás feras,aos projectos,aos convites,e como bom amigo que sou, deixo aqui um pouco de publicidade. Se gostarem passem pelo myspace dele que é o .... www.myspace.com/eyptinwholi
disfrutem, pessoalmente gosto do tipo de som, tem boas energias,dá para se conversar,dá para se disfrutar,ouvir,criar boas imagens,é sugestivo.
deixem lá a vossa opiniao.
puxa!

bom dia!!!



vou lavar o carro só de calçoes de ganga rasgados.

Pluto- Entre Nós.



escutem.

ah...nunca foram as unicas. eu nao presto,sei disso,e sofro por isso.

regresso ás lides.


Estranho como o calor,o sol,os raios,e tudo o resto que geralemtne advém com estas épocas , me tira quase por completo alguma "força maior" de me pôr a escrever ou a fotografar..

Não, hoje estou aqui e vou escrever algo.
Redescobri o Manel,ja nao o ouvia ha muito tempo,andei a escutar o foge foge com mais atençao,e deu-me logo um clck para vir prosar umas coisas á toa.

Talvez sejam meras vozes que nem existem que me vao calando por estes dias,perspectivas,janelas,montanhas que trespassei mas que resvalaram sobre mim. Mas estou aqui.
Tou desiludido contigo.
Nao me posso apegar muito a fotografias,mas como diz a musica eu nunca parto inteiramente,e ficam sempre restos descabidos de sentido.
Precisava que começasse a chuver agora,dava-me jeito ao coraçao, como se me puxassem de lados opostos e ficamos sem equilibrio. Manter esse ser constante que outros conseguem nao tem nada a ver comigo. Eu nao sou assim, sinto o momento,sinto a palavra,sinto a derrota,mas tou lá na mesma. Não posso querer entender a cançao da cançao triste por tudo que ela me diga e preencha,porque isso seria negar o que sou,a persistencia derrotada á priori.
Não,nao sao as faltas de optimismo que me faltam,sao algumas janelas que naturalmente se devem abrir. Abriram algumas,ou melhor..fui eu que as abri,melhor pensando.



nao sei se deva largar tudo de vez. Já o fiz,em parte sei que sim, outra é uma voz que me vai sussurrando ao ouvido para o fazer,está em mim ser assim.

Se fizer sentido deixa de ter motivo,acho que é isso. Nao sao para os meus dedos como diz a musica,mas é isto que me alimenta,a guerra e a luta pelo Oásis que está sempre "ali" á frente..e continuo.
mas entao porque vou sustendo que se pendurem pelos meus pensamentos?..secalhar o melhor seria rasgar.
rasgar com essas coisas?!..ja faltou mais,contigo rasguei,contigo entao ja nem existes,nem irás existir,quanto a ti.. nao sei,acho que vou deixando que existas,mas lá longe,onde nao me toques na intesmpestividade. Nao fazem mais sentido,nunca fizeram,nunca tiveram razao de o sêr,quanto mais me tocar.
supostamente "isto" equilibra-se,parece que sim...vou embora. Estou lá á frente.

é isso...vou-me deitar com duas certezas. Foi um bom dia.

terça-feira, julho 21, 2009

Manel & DaWeasel - Casa




Era tudo quando ela me dizia,
“benvindo a casa”, numa voz bem calma
Acabado de entrar, pensava como reconforta a alma
Nunca tão poucas palavras tiveram tanto significado
E de repente era assim, do nada, como um ser iluminado -
Tudo fazia sentido, respirar fazia sentido,
Andar fazia sentido, todo o pequeno pormenor em pensamento perdido
Era isto que realmente importava,
Não qualquer outro tipo de gratificação
Não o que se ganha,
Não o que dizem de nós não, não, não
Um novo carro, uma boa poupança,
Nem sequer a família, ou a tal aliança - nada…
Apenas duas palavras e um artigo,
Formavam a resposta universal
A minha pedra filosofal
Seguia para dentro do nosso pequeno universo
Um pouco disperso - pronto disponível para ser submerso
Naquele mar de temperatura amena que a minha pequena
Abria para mim, sempre tranquila e serena

Tento ter a força para levar o que é meu
Sei que às vezes vai também um pouco de nós
Devo concordar que às vezes falta-nos a razão
Mas nego que há razões para nos sentirmos tão sós
Vem fazer de conta eu acredito em ti
Estar contigo é estar com o que julgas melhor
Nunca vamos ter o amor a rir para nós
Como queremos nós ter um sorriso maior

Bem-vindo a casa dizia quando saia de dentro dela
Bonito paradoxo inventado por aquela dama bela
Em dias que o tempo parou, gravou, dançou,
Não tou capaz de ir atrás, mas vou
Porque sou trapalhão, perdi a chave, nem sei o meu caminho
Nestes dias difusos em que ando sozinho definho
À procura de uma casa nova do caixão até a cova
O percurso é duro em toda a linha, sempre à prova

Tento ter a força para levar o que é meu
Sei que às vezes vai também um pouco de nós
Devo concordar que às vezes falta-nos a razão
Mas nego que há razões para nos sentirmos tão sós
Vem fazer de conta eu acredito em ti
Estar contigo é estar com o que julgas melhor
Nunca vamos ter o amor a rir para nós
Como queremos nós ter um sorriso maior

Por isso escrevo na esperança que ela ouça o meu pedido
De desculpas
De socorro
De abrigo
Não consigo
Ver uma razão para continuar a viver sem a felicidade a meu lar
Na minha casa, doce casa, já ouviram falar?
É o refúgio de uma mulher que deus ousou criar
Com o simples e unico propósito de me abrigar
Não vejo a hora de voltar lá para dentro, faz frio cá fora
Faz tanto frio cá fora que eu já não vejo a hora.

O calor é um alimento que eu preciso
O amor é apenas um constante aviso
Se sabes que eu não vivo dessa forma
Tu sabes que eu não sinto dessa forma

Tento ter a força para levar o que é meu
Sei que às vezes vai também um pouco de nós
Devo concordar que às vezes falta-nos a razão
Mas nego que há razões para nos sentirmos tão sós
Vem fazer de conta eu acredito em ti
Estar contigo é estar com o que julgas melhor
Nunca vamos ter o amor a rir para nós
Como queremos nós ter um sorriso maior

Manel.

Único,ímpar.

(Nunca Parto Inteiramente)


Nunca parto inteiramente,
Não me dou à despedida
As águas vão simplesmente
Presas à sua nascente
É do seu modo de vida

Fica sempre qualquer coisa
Qualquer coisa por fazer
Às vezes quase lamento
Mas são coisas que eu invento
Com medo de te perder

Deixei um livro marcado
E um vaso de alecrim
Abri o meu cortinado
Fiz a cama de lavado
Para te lembrares de mim

Nunca parto inteiramente
Vivo de duas vontades:
Uma que vai na corrente,
A outra presa à nascente
Fica para ter saudades


(Canção da Canção Triste)


diz-me o porquê dessa canção tão triste
que me diz não vir de ninguém
decerto alguma coisa tu pediste a essa voz
que tu não sabes de onde vem

diz-me o porquê dessa canção tão triste
me fazer sentir tão bem
decerto alguma coisa mais te disse a mesma voz
que tu não dizes a ninguém

eu sei que tudo ser em vão é triste
como é triste um homem morrer
pergunta à voz se essa canção existe
e se ela não souber ninguém mais vai saber

diz-me o porquê desta canção tão triste
te fazer sentir tão bem
decerto eu oiço a voz que tu ouviste
talvez tu saibas de onde vem.



se tens de ouvir tens de o fazer
e o mundo diz tu tens de mudar
só não lavou as tuas mãos
mas tens as mãos do mundo para lavar
afasta-te um pouco mais
e dorme em paz que tu não tens
de dar o teu sorriso assim
esgotando o teu juízo assim
tu não tens de mudar

quem te quer mudar
não te quer conhecer
tu não tens de o fazer

eu não tenho nada meu
pois tudo o que era bom
foi na corrente do ter
e agora dei-me um dia
para ser feliz
para ver que eu nunca vou ter
o mundo na minha mão
não tenhas pena de mim agora
meus dias já não são de ouro
dantes sim, existia um problema
agora todos nós somos actores de cinema
e escondemo-nos bem
dos olhos que o mundo tem
e toda a gente nos vê
só não nos ouve ninguém

tu não tens de ver
tu não tens sequer de amar

tu só vais achar que vês
quando ao sabor da tua lei
o amor fizer de ti seu rei
para sempre

domingo, julho 19, 2009

Leonel Nunes - Ficaste empanada.



"...ficaste empanada parada na estrada, e agora, quem ri sou eu.
Quer tu queiras quer nao,tens de sujar a mão e mudar o pneu".
Poesia domingueira.

I U She.



Peaches.em grande.

sexta-feira, julho 17, 2009

momento parvo do dia.




Baby dry your weepin' eyes, just let me say
You've been carryin' the weight of the world like a true queen
Baby I'm not what you want, but I'm what you need
You've been travellin' alone for so long let me be there
So I can hold you in my arms, keep you safe from harm
Every time you wonder baby what's goin' on

This is just a reminder
To tell you that I still care
About you woman, oh yeah, about you lady
This is just a reminder
To tell you that I believe
You're the only one who knows just how to save me (oh yes)
You're the echo in my world that's goin' crazy

I remember all the times, how you used to read my mind
If I told you where I'd been, girl you'd know where we were goin'
Baby things are different now, but I think somehow
We could turn back the hands of time like it was nothing
And I would hold you in my arms, keep you safe from harm
Every time you wonder baby what's goin' on

This is just a reminder
To tell you that I still care
About you woman, oh yeah, about you lady
This is just a reminder (oh yeaah)
To tell you that I believe
You're the only one who knows just how to save me (oh baby)

So baby lets just take this madness
Throw it all far away
You're still the one I love and it will always be that way
Baby lets just take this sadness
That keeps gettin' in the way
Don't wanna let you get away
Baby lets just take this madness
Throw it all far away
I don't wanna be alone, without you girl another day
Baby lets just take this sadness
Don't ever wanna let you go
I can't let you go

This is just a reminder (oh yeah)
To tell you that I still care (la la la la, la la la, la la no no no)

(This) this is just a reminder (just a reminder)
To tell you that I believe
You're the only one who knows just how to save me (oh yeah)
You're the echo in my world that's goin' crazy

This is just a reminder
To tell you that I still care (tell you that I still care, yeah yeah, no no no no no no no)

This is just a reminder (just a reminder)
To tell you that I believe (ooh no no no no no no)
You're the only one who knows just how to save me
You're the echo in my world that's goin' crazy

It's just a reminder
To tell ya, that I still care baby
Na na na na na na na
Baby, this is just a reminder
To tell you that I still care
La na na na na, na na na na na girl
Ooh yeah

adoro 36 copas B, 34 tb nao faz mal.


















Real Time Web Analytics