Número total de visualizações de página

domingo, junho 27, 2010

Boa semana!!







antes de ir apanhar o sol.

hoje vi algo maior. saudei, apresentei a minha arma e olhei de frente.

quero paz de vermelho,azul,verde,amarelo,cor. uma paz cheia de cor.
nao me importam cicatrizes, dão-me vontade de rir.



(obs: esta rapariga tem uma atitude brutal!)

domingo, junho 13, 2010

1ºdomingo de sol antes de voltar.

fechado para obras.





JazzaNova - Little Bird





Meco.

Estes senhores sao muito bons! cheios de boa onda, boa musica, super bem tocado, boa produção... um som para se ouvir quando se vem do Meco ao final de um dia de Sol e coisas boas!




of all the things I've found in life
no moment's better than this
of all the thing I had ever known
nothing prepared me for your kiss

If we fly, if we fly, if we fly into this song
of all the things I needed, baby
you were my cherished one

a little bird told me that you can’t find your way home
a little bird has shown me that you can’t run away from love

darkness falls upon the city
like the ocean falls upon the sand
waves of sorrow leave me breathless
can you love this broken man
if I try, if I try, if I try to love again

I wake up every morning
not sure of where I stand

a little bird told me that you can’t find your way home
a little bird has shown me that you can’t run away from love

open wide my feelings
and tear me down until I break, yes
show me what the real is
guaranteed to seal my faint

if I cry, if I cry, if I cry when you'll be gone, oh
help me about my sadness
tell me I'm the only one

hold me, hold me, hold me, angel
hold me, hold me, hold me, angel

love was only given when you feel it in your heart
I knew it when you kissed my body
love in every part

of all the things I had found in life
no moment's better than this
of all the thing I had ever known
nothing prepared me for your kiss

If we fly, if we fly, if we fly into this song
of all the things I needed, baby
you were my cherished one

a little bird told me that you can’t find your way home
a little bird has shown me that you can’t run away from love

sábado, junho 12, 2010

Jazzanova, let me show ya

dia de jazzanova como repararam..



No Use, grande som meus caros!

I can see, Jazzanova.

mazgani, grande senhor!

gosto muito!!











Genial.

inside outside











dont want to set the world on fire. just wanna keep my flame

luta pelo SOL!









Junho, nao rima com sábados de chuva. Devia era rimar com pequenos almoços em azeitao depois de uma noite de musica e boa energia.
porque nao deixo o meu samba morrer, longe, e calado, mas aqui deixo a minha luta pela Luz.Pelo "bom feeling",aqui deixo parte do meu esforço de sabado matinal contra este estado cinzento que nao está com nada. ja me chegou de cinzento e deu no que deu.

É tempo de sol, é tempo de dançar, tempo de praia,tempo de abraços e água do mar. Tempo de amarelo, tempo de verde, tempo de azul, tempo de vermelho, tempo de tranquilidade,tempo de conversas, tempo de fotografias lá em cima na arrábida, tempo de tanta coisa boa,tempo de amigos, tempo de jantaradas,tempo de caracois, tempo de ameijoas,tempo de musica, tempo de festivais,tempo de nascer do sol, tempo de por do sol, tempo de pouca roupa, tempo de calor, tempo de brisas suaves,tempo de bandas sonoras, tempo de luz,tempo de força, tempo de vida.

sexta-feira, junho 11, 2010

novo dia.

Mudança!

ora simplesmente deixei o negro, de vez. desde o antigo lobos que o negro estava alojado em mim, que tinha a minha cor mas o negro sempre presente ia quebrando a minha força.

assim, troquei pelo verde, pelo sol, pela energia, pela luz, pela tranquilidade.

é um novo dia no blog.

boas energias para todos,mesmo!!

obs:estou contigo, á distancia e longe, mas espero que voltes á tua cor novamente.

quinta-feira, junho 10, 2010

Silverchair! 10 anos depois








10 anos depois é dia de ouvir estes rapazinhos até que tinham muito jeito,deixo aqui alguns sons,vejam se conseguem lembrar..



como esta.


"Freak" (grande som!)


ana's song..

anthem for the year 2000!!


tomorrow..

Grunge(it!)

amigo Jorge Vercilio- Fenix.




nem ponho "a outra".
grande!

Eu,
prisioneiro meu
descobri no breu
uma constelação

Céus,
conheci os céus
pelos olhos seus
Véu de contemplação

Deus,
condenado eu fui
a forjar o amor
no aço do rancor
e a transpor as leis
mesquinhas dos mortais

Vou,
entre a redenção
e o esplendor
de por você viver

Sim,
quis sair de mim
esquecer quem sou
e respirar por ti
e assim transpor as leis
mesquinhas dos mortais

Agoniza virgem Fênix (O amor)
entre cinzas, arco-íris e esplendor
por viver às juras de satisfazer
o ego mortal

Coisa pequenina,
centelha divina,
renasceu das cinzas
Onde foi ruína
pássaro ferido
hoje é paraíso

Luz da minha vida,
pedra de alquimia
Tudo o que eu queria
Renascer das cinzas
Quando o frio vem
nos aquecer o coração
Quando a noite faz nascer
a luz da escuridão
e a dor revela a mais
esplêndida emoção
O amor

Quando o frio vem
nos aquecer o coração
Quando a noite faz nascer
a luz da escuridão
e a dor revela a mais
esplêndida emoção

Quando o frio vem
nos aquecer o coração
Quando a noite faz nascer
a luz da escuridão
e a dor revela a mais
esplêndida emoção.
O amor.

Vou procurar o SOL lá fora. :)

Grande Blog, Momentos da vida

http://momentos-de-vida.blogspot.com/

Investiguem que vale mesmo a pena!

dia de coisas maiores e uma metáfora no final.

























Real Time Web Analytics