Número total de visualizações de página

sábado, junho 05, 2010

Energia.


energias.

venho aqui deixar no ar uma temática que a mim tanto me diz. Energias Cósmicas. O que dizem a Reiki, chakras, Profecias, Energias,Auras, etc..?

Pessoalmente creio que tudo faz sentido, que somos mais que matéria inerte sem razao aparente. que somos mais que simples objectos de genética e que tudo acaba por fazer mais sentido quando nos deparamos, ou conseguimos sentir de facto o que nos rodeia.
Leio muito sobre estas energias nos ultimos tempos, e parece-me que cada dia que passa mais vou encontrando tanta coincidencia, tanta frase solta, tanto pensamento, fotografia, "coisas" que sem se esperar nos aparecem pela frente.
A diferença entre um céptico, ou um "aberto", como hoje me chamaram, está mesmo no pensamento que se tem em ganhar essa mesma percepção. O céptico, tem de ir para ver, o aberto corre o risco de nao conter as energias menos boas e deixar-se afectar.

De facto, numa época de energias"alternativas", onde as religiões entram mais em confrontos geográficos e politicos, acabam por se esquecer do que realmente importa, as pessoas. E as pessoas fartam-se tambem, é uma questao de anos. Na minha opiniao era algo que devia ser instituido, um pensamento alargado no que diz respeito ás sensibilidades do que nos rodeia. Mas ao fim ao cabo pode parecer meio utópico porque todos temos de tomar algumas decisões mais dificeis ou "más" para que o mundo gire. concordo. mas será que o "fire and forget" é a melhor atitude? o mundo pensa no agora,(eu tambem ja o pensei em mil momentos), o instante, tudo para agora já... e não. nao pode ser. Deixar que o equilibrio volte, a cor, a aura, a energia. Creio eu. concordam?
nao sei se alguem irá dizer coisa alguma, actualmente pouca gente vem até aqui, mas acho que acima de tudo é ter essa percepção. de que o que nos rodeia influencia imenso o nosso astral, é preciso agarrar, e nao ceder á pressao.
Chakras, Reiki, Chi,o que for.

Voltar á minha energia, o tempo urge. Manter um bom karma, ter as técnicas certas, as ferramentas certas, implantar na sociedade uma forma correcta de abordar e defender perante os obstáculos. Aceitar o que a vida nos dá, algum sentido, ou razão deverá ter.

Não poderá ser uma justificação para coisa alguma, para uns nao fará sentido, para outros fará todo o sentido. Sou um adepto destas energias, e há muito que nao lia, reflectia, e sentia o que me rodeia.
Leveza, Naturalidade,Força,Empenho,Carácter,Energia, Cor, Sonho, Toque, Sentimento, Paz, Karma, Chakra,Certeza.

o auto-conhecimento é de certeza a peça fulcral, defendo isso.
Boas energias para todos.

obs:O Lobo teve de ir ao fundo para ver tudo mais claro... a tona é já ali.Volto para a Montanha mais forte.

Digam o que pensam em relação ao tema! em vez de ficarem so a olhar para as fotos das gajas que meto aqui. boa?!

4 comentários:

Vega disse...

Concordo.
Às vezes bloqueamos as más energias em nós sem nos conseguirmos livrar delas, tal como impedimos que boas energias entrem.
Isto é algo simples, que poucas pessoas têm consciência, e a mim me condeno; é sem dúvida um ensinamento que devia ser instituído.
E vê se continuas a ensinar aqui coisas sobre o tema energias e sobre o teu novo caminho, como conseguiste subir a montanha, pois poderá ajudar muitas pessoas... nós aqui ficamos a aguardar nova informação.
Boas energias para ti também!

M. disse...

«Creio no mundo como num malmequer,
Porque o vejo. Mas não penso nele
Porque pensar é não compreender...

O Mundo não se fez para pensarmos nele
(Pensar é estar doente dos olhos)
Mas para olharmos para ele e estarmos de acordo...

Eu não tenho filosofia; tenho sentidos...
Se falo na Natureza não é porque saiba o que ela é,
Mas porque a amo, e amo-a por isso
Porque quem ama nunca sabe o que ama
Nem sabe por que ama, nem o que é amar...»
Fernando Pessoa

Há muito que aqui não vinha, as razões parecem-me tão óbvias quanto naturais... Voltaste! Voltei também :)

Acredito que as pessoas são mais ou menos positivas, mais ou menos pessimistas, consoante aquilo que vivam e consoante o seu próprio espírito! Eu, por definição, estou sempre bem disposta! Claro que há coisas que nos derrubam, coisas que nos fazem questionar se seremos (alguma vez) merecedores de coisas boas – mas que parvos que somos, as mais das vezes que colocamos esta questão! Não digo que os problemas sejam qualificáveis à luz dos demais problemas do universo, de forma alguma...porém acho que "sobredimensionamos" os nossos problemas (alguns!). Também é verdade que 'no calor do momento' a situação parece-nos bastante mais dramática e não importa se corresponde à realidade 'real' ou não, importa aquilo que sentimos...ainda assim, levantarmo-nos da queda – o como e o quando – dependerá certamente do nosso espírito. E a própria maneira como vivemos a vida, a própria maneira como caímos, a própria maneira como nos olhamos caídos…tudo tem a ver com o nosso espírito.
Encarar a vida de uma ou de outra maneira dita como a vivemos.
Dito isto ao “nosso espírito” podemos chamar inúmeras coisas :)
Não sei se o que digo faz sentido relativamente ao que disseste…ainda assim foi para o que me deu :)

o mesmo de sempre. disse...

vega, thanks como sempre! eu ensinei-me ;) e vou mandando!

M. como sempre em grande, como sempre com o jeito para as palavras!
Subscrevo parte, eu ainda acredito no Amor, concordo com o que o F.P. dizia por vezes,mas ele esqueceu-se do sol e da vida. Ainda assim.. o resto está lá :)

M. disse...

Faltou-me o final!

«(...)
Amar é a eterna inocência,
E e a única inocência é não pensar.» (Alberto Caeiro)

Eu acredito no amor, o mais possível! Fernando Pessoa também acredita no amor - falo no presente e não no pretérito porque creio que ele é e não que ele foi :)
Achas mesmo que se terá esquecido?
Tu não te esqueceste ou pelo menos não é amnésia definitiva :)
Acreditas, que bom que acreditas, mas não deixes (nunca) de acreditar! Não duvides da sua existência, apenas poderás duvidar da "correspondência"...ainda assim, se não for correspondido é porque não é (amor). E se não o é para quê chorar...
Mas antes disso... se o é e se amas, como deixas de ser quem és? - tanto antes, como durante, como ainda depois.
Quem ama, ama. Simplesmente ama. E é verdade, não sabe por que (motivo) ama. Nem importa o porquê, importa que sente. Mas o sentimento não nos pode adulterar, se nos adultera é porque não é (amor). E mesmo que apenas tenhamos consciência de tal 'alucinação'/'ilusão' num momento (que cremos ser) tarde demais, temos de saber que nunca é tarde para repor aquilo que é e para repor aquilo que somos...nem é tarde para sabermos que não nos podemos deixar enganar, porque, de maneira alguma, podemos permitir que alguém ou alguma coisa, incluindo um sentimento, nos deturpe. Porque se nos deturpa é porque não é.

Não sei se fiz sentido...hope so.
Não desistas, luta sempre. Mas luta tão somente pelo que é...não pelo que eventualmente será, ou pelo que eventualmente poderá ser, nem ainda pelo que queres que seja.

Força! Coragem! Ânimo! Muita (como tu dizes) energia positiva!

Real Time Web Analytics