Número total de visualizações de página

terça-feira, novembro 25, 2008

Abraço.



I'm going to a town that has already been burned down
I'm going to a place that is already been disgraced
I'm gonna see some folks who have already been let down.
I'm so tired of America

I'm gonna make it up for all of the Sunday Times
I'm gonna make it up for all of the nursery rhymes
They never really seem to want to tell the truth
I'm so tired of you America

Making my own way home
Ain't gonna be alone
I got a life to lead America
I got a life to lead

Tell me do you really think you go to hell for having loved?
Tell me and not for thinking every thing that you've done is good
(I really need to know)
After soaking the body of Jesus Christ in blood
I'm so tired of America
(I really need to know)

I may just never see you again or might as well
You took advantage of a world that loved you well
I'm going to a town that has already been burned down
I'm so tired of you America

Making my own way home
Ain't gonna be alone
I got a life to lead America
I got a life to lead
I got a soul to feed
I got a dream to heed
And that's all I need

Making my own way home
Ain't gonna be alone
I'm going to a town that has already been burned down

obs: Abraço para o pessoal do "Ru" , se passarem por aqui, não me esqueci de vós.

interregno pornográfico.

01.05.

sinto um fervilhar de pianos que tocam sem parar numa melodia tão harmoniosa que me deixa assim quieto sem reacção alguma. Passado um dia em que vivo para me mantêr activo,produtivo,ágil, positivo...chega a esta hora e apetece-me descansar.
Como se tivesse de acalmas as minhas crenças, não me deixo levitar por palavras, actos ou melodias cantadas. É certo que dou por mim a levitar por momentos, outros talvez por inseguranças,por saber a realidade,por saber a minha realidade acabo por subir a um ponto qualquer que seja muito alto e por lá me fico. Saiu de cena. ponto.

Por vezes surge este ou aquele ritmo desenfreado, mas depois sossega. Não creio. Não posso. Só manter a respiração e estar pela tona. Sempre á tona, 24 horas nisto. Perspectivas, qual sêr pro-activo e cujas ambições são gigantescas mas frente a uma realidade nada mais me resta fazer.
Silencio,no hay banda. Podia ser o tema. Tudo está ali, o palco,as luzes,o pano já subiu, mas falto eu.Falta-me o texto,faltam-me as pessoas,faltam-me as auras por tocar.
É meio bizarro esta conjuntura de trunfos por usar os quais só podem ser jogados nesta ou naquela altura. Como se fosse uma espera estupida por algo que não sabemos se virá ou não.
" acho que até vejo algumas essencias, mas..é o que me move,o que os move,o que as move,o que nos move que nao aparece." conversas a esta hora,pouco posso dizer mais.
Mais uma vez encaro estes muros com optimismo, com ponderação, observo, e avanço.
Fujo mesmo de um olhar vazio, de uma musica que passe na radio que me tire isto. Não que seja a minha realidade,mas porque esse olhar vazio me ia tirar essa acção, a capacidade de vêr a verdade. Jogo apenas com o que os meus dedos tocam.. só sabendo o que tenho na minha mão é que irei a jogo. Ansiedade?!..talvez, mentia se nao a aceitasse.
Não quero um dia perfeito, quero apenas espreguiçar-me com o Sol na cara, e enfrenta-lo de frente. Sentir-me forte,confiante,e acreditar ainda mais do que acredito. Não sou nada desses sêres especiais e cheios de qualidades. Não sou nada, de verdade. Mal escrevo estas barbaridades que meto para aqui. Apenas não tenho sequer vergonha em o fazêr. Não quero mesmo muito, nao quero mesmo um dia só com esse Sol imenso, apenas poder enfrenta-lo.
Não é nenhum pessimismo,mas sim as evidências. Constato apenas verdades.
Amanha volto á minha passada certa.
O dia nao foi mau, nao estou chateado com ninguem, nao estou a pensar em coisa alguma. Sinto-o, e chega.
01.25

domingo, novembro 23, 2008

Easy like sunday Morning.
































Após reflexão, e tendo em conta o meu ultimo post, dou por inicio a primeira parte de um post colocado a dois ritmos, assim como se incendeia um acto sexual , aqui dou por iniciados os belos dos preliminares. Deal?!..

obs: isto pode ser em homenagem á noite de ontem.

obs2: este post, e os próximos que possam vir a surgir deste cariz sexual, não podem ter legenda porque dados/as visitantes há quem queira estar "nesta ou naquela posição" e eu iria só legendar "de um lado da barricada".
Bom domingo suas almas pedantes!

sexta-feira, novembro 21, 2008

Introdução ao que virá proximamente.


("então..consegues lá chegar agora?!")


("adivinha lá o que tenho para ti..")


("...mais?")


("a tua irmã foi da minha turma sabias?")

("isto é para aprenderes a andares mais vezes assim em casa!")


("até parece que tens medo..")


("hmm...vou-te comer capuchinho")

("fica aí á minha espera..")


("parece seda.")


("deixa-me tocar-te..")



("shine on you crazy diamond")


("tu...senta-te aqui ao pé dela")

("nao adianta chamares por Ele")



("escorpiã...hmm...")


É só para avisar que no proximo post vou arrebentar com a escala.


quinta-feira, novembro 20, 2008

um post sem fotos,sem discos pedidos,e sem tema.

Após alguns dias de reflexão, e com os hit's de visitas a aumentarem e os comentários a serem tão poucos, estive prestes a entrar num periodo de retiro espiritual onde se conjugaram varios motivos com varias ambições. Pode-se apontar de certa forma que se tenta entrar num periodo mais"Welcome to the machine", em que nao me vou preocupando muito com o que coloque por aqui, quer deixe de me preocupar com o que se possa dizer ou não.
Estou deveras mal-disposto, sem paciência e estranhamente nem o facto de amanhã ser sexta-feira me anima.
Deve-se sobretudo a um P.R.E.C sentimental/modus vivendi. O que isto quer dizer, sinceramente não encontro assim muito facilmente nenhuma metáfora ou sinónimo que possa apontar já neste instante,mas alguma coisa me há-de surgir.
Acho que vou colocar umas fotos(conforme foi pedido pela Arritmia), colocar uma musica ou uma foto para uma escorpiã que me tem assaltado ultimamente e que vou guardando o que há de valor, ou então outra coisa qualquer. Não, nao aceito discos pedidos.
Definitivamente nao ando nem estou numa de "lol's"...
É que nao me dá o minimo interesse para falar seja do que fôr. A serio! e para dizer merda mais vale tar quieto nao é?! Claro que é..
Epa vão á Fabrica Braço de Prata em Lisboa. procurem pelo site, espaço brutal, multi cultural, exposições,fotografia,musica rock, jazz,fado, escultura,restaurante,gente gira,boa onda mesmo..a principio aquilo dá um ar daqueles sitios meio snob's e culturais que as pessoas falam todas muito baixinho e que quem fala alto é porque é burro ou do "povão". Mas irrita-me essa gente que faz cara de introvertido e com olhares vazios no infinito. É "intelectual" parecer calmo e que se fale pausadamente..epa caguem-se para isso. Vão lá, curtam, conheçam, leiam, emocionem-se,comam,bebam,conheçam gente gira que há lá muita. Fica ali perto da Vasco da Gama, mais abaixo da rotunda do Batista Russo á direita antes de entrar na 24 Julho do lado da expo.
mais logo venho para aqui disparar qualquer coisa.
tenho de ir ali ja venho.
agora não coloquei fotos porque nao me apeteceu.

segunda-feira, novembro 17, 2008

gadjet, minority report computer.


g-speak overview 1828121108 from john underkoffler on Vimeo.

é apenas um gadjet bem caro, e que supostamente de funcional será um pouco limitado. Para nao falar no preço, arranjar um local para uma instalação "disto" nao deve ser coisa fácil. Ainda assim fica uma forma de escaparmos ao rato e á "caneta" como nossa extensão corporal.
Pode ser que se apronte esta plataforma,se reduza o espaço,se torne mais viável, ou não. Pode-se sempre criar uma plataforma video/som/computador/fotografia/....que mais?!
Ainda assim, aqui fica o video.
enjoy it.

sábado, novembro 15, 2008

L'I taliano, Toto Catugno, o Tony Italiano.



De facto, não ha melhor forma de começar um sábado com um hit destes. Sinto-me em San Remo a andar de vespa nos anos 70 , com o mediterraneo e uns calções minusculos da Lacoste com uma "Laura non che" agarrada ao polo branco da Sergio Tachini.
O mundo precisa dos Tony's e dos Toto's Catugno's.

Lasciatemi cantare
con la chitarra in mano
lasciatemi cantare
sono un italiano

Buongiorno Italia gli spaghetti al dente
e un partigiano come Presidente
con l'autoradio sempre nella mano destra
e un canarino sopra la finestra
Buongiorno Italia con i tuoi artisti
con troppa America sui manifesti
con le canzoni con amore
con il cuore
con piu' donne sempre meno suore
Buongiorno Italia
buongiorno Maria
con gli occhi pieni di malinconia
buongiorno Dio
lo sai che ci sono anch'io

Lasciatemi cantare
con la chitarra in mano
lasciatemi cantare
una canzone piano piano
Lasciatemi cantare
perche' ne sono fiero
sono un italiano
un italiano vero

Buongiorno Italia che non si spaventa
e con la crema da barba alla menta
con un vestito gessato sul blu
e la moviola la domenica in TV
Buongiorno Italia col caffe' ristretto
le calze nuove nel primo cassetto
con la bandiera in tintoria
e una 600 giu' di carrozzeria
Buongiorno Italia
buongiorno Maria
con gli occhi pieni di malinconia
buongiorno Dio
lo sai che ci sono anch'io

Lasciatemi cantare
con la chitarra in mano
lasciatemi cantare
una canzone piano piano
Lasciatemi cantare
perche' ne sono fiero
sono un italiano
un italiano vero.

La la la la la la la la...

Lasciatemi cantare
con la chitarra in mano
lasciatemi cantare
una canzone piano piano
Lasciatemi cantare
perche' ne sono fiero
sono un italiano
un italiano vero.



quinta-feira, novembro 13, 2008

São Coisas. Supostamente "isto" equilibra-se.





Leva qualquer eu a meu dia
Dá-me paz eu só quero estar bem
Foi só mais um quarto uma cama
No meu sonho era tudo o que eu queria

Quando alguém deixar de viver aqui
Espera que ao voltar seja para ti
Nada vai ser fácil
Nunca foi
Quando alguém deixar de te dar amor
Pensa que há quem viva do teu calor
Hoje é só um dia
E vai voltar amanhã
E não foi assim que o tempo nos fez
E fez assim com todos nós
E não foi assim que a razão nos amou
E fez assim com todos nós
São coisas
São só coisas

Se uma voz nos diz que é viver em vão
Pra que raio fiz eu esta canção
E se o fim é certo
Eu quero estar cá amanhã
E não foi assim que o tempo nos fez
E fez assim com todos nós
E não foi assim que a razão nos amou
E fez assim com todos nós
São coisas
São só coisas

Eu estou bem
Quase tão bem
Vê como é bom voltar a dizer
Eu estou bem
Quase tão bem
Vê como é bom voltar a dizer
Eu estou bem
Quase tão bem
Vê como é bom voltar a dizer
Eu estou quase a viver.

quarta-feira, novembro 12, 2008

De Usuahia a la Quiaca




Gustavo Santaolalla

obs: já é do conhecimento geral, mas aqui fica o nome do senhor para quem não conhecia.
Real Time Web Analytics