Número total de visualizações de página

domingo, dezembro 12, 2010

final do domingo. dos domingos. versao reflexão.


apetece-me quebrar, sentir, apertar, voar, viajar, remendar, emendar, abraçar.
apetece-me chegar ao limite, apetece-me sorrir, chorar, viver, ter a mao na parede enquanto falo dum lado duma linha, sentir o áspero da cal com o sol de uma memoria retumbante de saudade.
quero quebrar aquela garrafa, quero correr, quero estar sentado e confrontar o olhar.
quero tocar, sentir o doce veludo nos dedos do pescoço, da mão perfeita e do vento perdido.
quero desmascarar, quero apagar, despir, mostrar, fechar os olhos e encostar á parede.
quero dar o passo, quero ouvir a musica, quero nao ter medo da lagrima, quero agarrar o sorriso e a cor.



quero a brisa doce da primavera, quero a tranquilidade da luz, da calma, quero inundar-me de fogo e paixão. quero a areia com frio e com calor. quero caminhar.



quero planar, ouvir, escutar, acreditar, falar.



suspirar, confiar. sêr. simplesmente ser. como sou. sem domingos vazios inoportunos de ideias e calçadas vazias.
confio.



sentado. com uma luz apenas por cima da minha cabeça, olho e descontraio, acredito, faz sentido.


quero dançar, pegar na mão e levar. levar para longe, para o calor, para o toque, para o sorriso, para o ritmo, para o timbre certo, para o batimento certo. um passo. dois passos, tres passos.



Cantar, olhar o mundo e cantar sem desdém. com cor, sem o cinzento ou a imponente neblina.



confio, sou, raspo, corto, olho. gosto. sei que nao há. Há, mas nao como tal. sei disso. diferente. frequencia, ritmo, calor, algo maior. mao na cara, a mesma cara.





telefone call was out of order. out of sight, out of war, out of peace. out of law or feelings above.(inside?)..

Sem comentários:

Real Time Web Analytics