Número total de visualizações de página

sábado, abril 16, 2011

demasiado auto-biografico.

quando me sinto assim, como ficou. um banco de jardim, sem dó e com contrastes.
sabe-me a boca a fado. lamento mesmo por quem chora essas tristes mágoas que rastejam no pó dos coraçoes cansados.
a mim nao me toca. olho-me ao espelho e nao vejo mais aquele coraçao negro, aquele aperto da desilusao. nao sinto falta de cousa alguma. fica sim o sol ali ao fundo a entrar por esse mar, com tons laranjas e uma estrada enorme.
sorrio quando revejo as primeiras séries, as ideologias goradas por dois planetas díspares. faz parte. e é isso que traz a calma e a paz(deve haver uma musica que fala disso..)..
Paz. essa Paz que inunda quando chegamos ao Cabo e vemos que só resta o sol e o mar imenso pela frente.
falei hj numa piramide de maslow, mas para sentimentos, onde todos temos as nossas piramides, onde provavelmente mesmo alguns nao terão sequer coisa alguma.
eu tenho a minha, nao guardei remessas de outros tempos, ficaram bagagens, e o caminho prosseguiu. hj a minha "piramide" que está mais forte que nunca, agora é deixar a fita rodar e que tudo aconteça. engraçada a ironia da piramide que em tempos esteve invertidamente preenchida... será que acontece a todos?..
confesso que as elis reginas,as coisas imensuráveis,as mean to be me enganaram.. não sou de abandonar os sonhos, nem desistir, mas o manual de sobrevivencia para as proximas viagens ja está bem mais completo. nao bulletproof porque isso nao faria sentido.... freelove?..talvez.. wild is the wind...talvez. da palma da minha mao e as grades que se desfizeram dos medos? sao meros segredos.
hoje,passado algum tempo revi-me ao espelho e gostei do que vi.
sem máscaras, com lições aprendidas para um mundo onde estou tão tranquilo a ver o mar que nem me preocupo a precipitar seja para onde for.



change your heart, look around you diz o beck...thanks mate.
sabe bem quando a lição fica decorada de trás para a frente e nao sentimos qualquer tipo de sensaçao de outras estradas percorridas. everybody's gotta learn sometimes.


lembro-me. de mim.e ja aqui cheguei.

quantas vezes.

I Will, Radiohead.



saudades desta Paz.

3 comentários:

Paty disse...

E como diz o Jorge Palma... "Enquanto houver estrada p´ra andar... Enquanto houver ventos e mar... a gente vai continuar" :)

A vida é mesmo isto um caminho sempre cheio de lições a aprender...mas sempre a subir! :) E tudo isto fez-me recordar um livro que li sobre os misteriosos caminhos da vida "O Cavaleiro da Armadura Enferrujada"... um bom livro para levar para uma esplanada junto ao mar...

Grande Querida disse...

como tu andas meu...

P.S se calhar marcamos pa agosto não? o tempo tá bom e posso ir de braços e peito ao leu que não gosto cá de vestidos muito tapados.

o mesmo de sempre. disse...

sem medos minha cara.

cavaleiro armadura enferrujada, nao conheço, mas se vc diz que fica bem, ta registada a sugestao para ir ao Portinho um dia destes.
aparece.

Real Time Web Analytics