Número total de visualizações de página

terça-feira, abril 02, 2013

perguntaram-me

ontem perguntaram-me com que idade gostava de ter filhos.

isto quer dizer o que?..

by the way, nunca pensei nisso. secalhar aos 29 ja vai sendo tempo..(ou nao?)

7 comentários:

Xuxi disse...

Society expects you to follow its preconceived patterns of what it established as tradition and normality. Well fuck society. Tired of ppl trying to tell me and show me how I'm supposed to live my life. I don't follow in its patterns and never will. I a hedonist a poly a free spirit and no one will ever tame and put me in that cage called normality.
So tell them to fuck off and mind their own businesses ...you are the only master of your life no one else

Xuxi disse...

Es um lobo certo? Os lobos nao usam coleira

o mesmo de sempre. disse...

certo. acho que vou sendo. não preciso de holofotes nem de selvas abundantes. epa eu odeio neve. damn.

agreed in absolute.
temos de ser nós a sentir que timing's, pessoas, ou vidas que queremos ter junto a nós.
afinal o catalogado"casamento catolico romano" está cada vez mais em crise, e como diz o Don Draper, you born alone and you die alone.
nao sei se é pessimismo, nao sei se é descrença. somos nós os senhores dos nossos destinos, mas parece-me que aparecem janelas nas nossas vidas (por acaso ou por algum desígnio energético/astral/divino), que nós podemos agarrar ou nao.
mesmo que agarremos, nao implica que fiquem junto a nós e que sejamos felizes para todo o sempre, se largarmos, talvez voltem um dia.
eu defendo a atitude. defendo o querer, o "maior" que se sente, que é admitido. faz mais quem quer, do que quem pode.

não sei quando quererei ter filhos,talvez quando fizer uma viagem longa com ela, quando for natural(e nao habitual) a pele a tocar uma na outra, e a vontade de fazer algo em comum..pense nisso. oportunidades para o fazer, mas será que ha algum problema em queimar etapas?existem etapas?nada nos garante coisa alguma.

nao sonhamos mais com casas com jardim, dois carros, uma mota, um pastor alemao, e putos a jogar á bola na relva. É giro, mas foi o que nos fizeram acreditar até um dia.

afinal desistir do"sonho americano" é como desistir do amor. não é algo que mude, que nos faça falta, mas que até nos faz levantar todos os dias da cama. nao?..isto dava pano para mangas.
desculpa nao responder nem em ingles nem em "charrouco".

Sofia disse...

Se desse para meter um like...

Xuxi disse...

a sociedade vai sempre tentar impor-te os parâmetros, tens e deves estar formatado, padronizado, a sociedade não gosta de pessoas que ousam ser diferentes a nao ser que sejam "artistas" e estrelos porque assim são excêntricos....passei mais de metade da minha vida a tentar pertencer a uma sociedade fechada, provinciana, pequenina e pobre ....well guess what? I didnt fit in and never will, I had to get out of there to realize that is ok to be diferente, but of course i still have to deal with family questions about maternity and shit. I am polyamorous, pansexual and a hedonist, a kinster and na ethical slut. I am a pitonic whore if I do tell openly that i live in an open non monogamous marriage and that im happier than anyone else that I know in the monogamous vanilla world, ppl dont get it, people are so tied up by their own preconceived dogmas and rules that were instituted by the patriarcal religion....
sorry i always get carried away in english
eu ainda sou olhada de lado pelos meus sogros que nao entendem como uma mulher fértil nos 30 e tal não tem filhos e não demonstra vontade de os ter anytime soon mas trata o cao como um filho e veste-o e mima-o como se fosse um...
well guess what? tough love
cada um tem o seu código de vida
o sonho americano é cheio de cartões de credito e de dividas gordas em cima de mais dividas, o sonho americano é o sonho do consumismo, mas sim em metáfora eu estou a viver o sonho americano em todas as frentes, tal como a Lana diz
desistir do amor nunca, afinal há tantos amores, não há só um, há tantas formas de amar e tanta possibilidade...o amor é tanto melhor quanto mais livre
isto dava pano para um fato completo pa, completo por um casaco comprido de cabedal daqueles da Selene
lol
o que é o charrouco? desculpa a minha ignorância, but do not know de que se trata, pensava que era um peixe, tu ve la

o mesmo de sempre. disse...

ahah e é..tens razão. de facto admiro esse state of mind, ou simplesmente de ser.
não que seja extravagante, mas pela plenitude e paz que tens ao assumires seja o que for. inclusive o admitires que vestes o teu cão.lol
secalhar somos todos seres sexuais que queremos apenas ser achados,achar, ou ir achando quem nós bem entendemos.
uns sao lobos, outros viboras, ou quaisquer tipos de metáforas.
já nao ha fogueiras para queimar os hereges, já nao ha hereges. daí compreender que a big apple seja o refugio perfeito.
importa sim que sejas fiel a ti mesmo. a ti mesma. haja ou nao timing,que sejas o que te aprouver ser. partilho totalmente esse repudio de dogmas e regras "do tem de ser porque tens 30" e está na idade.
afinal devemos ser nós felizes, ou devemos fazer os outros felizes pro nós?.. é como aqueles mandamentos do cristianismo que devemos abdicar de nós, das miudas serem umas marias carpideiras e depois vamos a ver.. e são das maiores "slut's" que se conhece.

parece-me que o errado é a deslealdade, o cordeiro que afinal é algo hipocrita que na realidade e por portas e travessas é isto e aquilo.
daí sempre ter dito que as pessoas se usam, a seu bel prazer, hj apregoa-se, mas ja ninguem quer saber disso. eu confesso, sou um optimista(passei a ser),e só quero o meu belo bife para comer em casa e ter a companheira para as viagens concertos, sermos amigos, comer um ao outro, fazer amor em todos os sitios do mundo e..se surgir algum rebento, porsupuesto que venga.

tal como os lobbys nos states que sao assumidos, e todos sabem de onde vêm, aqui na europa nao podem haver lobby's, mas todos sabem que eles existem.

o sonho americano é um monte de dividas, de enciclopedias e electrodomesticos comprados á porta de casa. A realidade é bem mais grunge do que queremos parecer, e o mundo nao é assim tão cheio de relvados. Parece-me que cada um á sua maneira só tem de ser fiel a si mesmo(sejam quais forem os seus preceitos),e fazer algo bom pela condição humana. seja a trabalhar, pregar,procriar,ou o que lhe apeteça.

aqui nunca se desistiu do Amor também. e houve dias que me apeteceu mata-lo de uma vez por todas.

obs: a piada do charrouco foi pela foto que vi no teu blog(nao sei qual dos dois) de Stb, presumi que fosses das terras do sado, cujo dialecto se auto-denomina de "charrouco"..que é um peixe.

pano para mangas mais uma vez.

Xuxi disse...

No, eu nasci aqui e so sou lisboeta por emprestimo e portuguesa porque cresci ai

Real Time Web Analytics