Número total de visualizações de página

segunda-feira, janeiro 31, 2011

biutiful. 1/4 do que se pode passar para fora.




Biutiful.

fui sem expectativas.

uma vida, varias vidas. viver como muitos vivem pelo meio da chuva e nos intervalos do vento, sobrevivendo.
gotas de vida. um pai que nem anjo nem demónio, com um dom que usa para o seu fim.

um filme pesado, com uma barcelona diferente do que se mostra.
alguem que luta por duas almas, alguem que luta contra as forças do universo sabendo que vai perder mais dia menos dia.
uma mãe louca, um irmao crápula, uma sociedade dificil, um dom esmagador, duas almas para cuidar e amar. uma ferida sem cura.

uma historia sem grandes metáforas ou simbolismos. nenhuns, aliás. dureza, ríspido, real, aqui pelas ruas onde todos fechamos o rosto sem querer olhar.
no final valeu a pena a esperança. por momentos podemos duvidar do que está por acontecer, e por vezes depende apenas de nós tomarmos o caminho que devia ter sido tomado.só nao temos de perder a oportunidade e nao correr atrás dos néons que surgem. o "algo" maior existe.
nao é um filme de vidas faceis, não é. deixa-nos dispertos, com o sentimento á tona. limpando o perdão e o espirito.
secalhar a esperança é o que move a vida. com um turbilhão de coisas más, temos apenas de aceitar que tudo faz parte de um filme onde o final ficará sempre em aberto.
creio que é um filme de alerta, alerta ao interior de cada um, onde vidas despedaçadas conseguem ainda assim concretizar o sonho de nunca cairmos no esquecimento de quem amamos.

Gostei, muita força, pesado, custa a digerir, mas no final a viagem prossegue com o objectivo conseguido. seja para onde for.



a vida leva-nos. só temos de limpar o peito.
filme de acreditar que "as coisas" acontecem. acreditem.

4 comentários:

Catarina disse...

Gostei desta análise. E invejo-te, pq eu não a conseguiria fazer tão bem ;)

Grande Querida disse...

eu não acredito. mas gostei de te ler. mais um grande filme estou a ver.

Patty disse...

Não fazia intenção de o ver... mas assim... não vou perder!

o mesmo de sempre. disse...

dos melhor do ano. é pesadinho, mas vale a pena. digo eu.

Real Time Web Analytics