Número total de visualizações de página

quarta-feira, agosto 17, 2011

:)






bastava-nos amar.
e não bastava o mar. e o corpo? o corpo que se enleia?
o vento como um barco: a navegar. pelo mar. por um rio ou uma veia.


bastava-nos ficar. e não bastava o mar a querer doer em cada ideia.
já não bastava olhar. urgente: amar.
e ficar. e fazermos uma teia.


respirar. respirar.
até que o mar pudesse ser amor em maré cheia.
e bastava. bastava respirar


a tua pele molhada de sereia.
bastava, sim, encher o peito de ar.
fazer amor contigo sobre a areia.


joaquim pessoa

Sem comentários:

Real Time Web Analytics