Número total de visualizações de página

quinta-feira, setembro 25, 2008

a conjuntura, com um pensamento.












A frase:
"As políticas de privatização da segurança social ficaram desacreditadas: é eticamente monstruoso que seja possível acumular lucros fabulosos com o dinheiro de milhões de trabalhadores humildes e abandonar estes à sua sorte quando a especulação dá errado."
Boaventura de Sousa Santos, "Visão", 25 de Setembro de 2008


obs: até que o senhor tem razão... afinal se os privados e direitas dizem que o provado é que safa isto tudo,e que o estado nao tem nada que ver com os lucros exurbitantes que aumentam a alienação social e as discrepâncias socias, quando aquilo dá para o torto, nao será que deviam pagar por isso?!..

Gostava de ouvir o Lucas Pires agora, ele que defende(e eu confesso que até certo ponto estou de acordo) que se deve implantar uma forma de pensar que se o trabalhador tiver um mérito muito bom deverá ter direito aos seus lucros e prémios justamente atribuídos... mas..e se fôr o oposto?!
Encontra-se um bode expiatório,uma desculpa bem globalizante que ninguem tenha culpa e seja obra do acaso, e assim ainda conseguimos uma boa desculpa e simplesmente não se passou nada. Apenas foram meros trabalhadores que foram despedidos,o estado que sofra com as compensações do fundo de desemprego e aquele CEO vai novamente para outra empresa ou quadro de adminstritação com "chouffer" privado,um carro de alta gama de dois em dois anos, e uns ordenados que até metem impressão.

Isto pode parecer meio comunista,ou até meio radical,mas acho que estamos numa fase importantíssima que todos deveríamos pensar...partindo do pressuposto que as holdings irão exacerbar tudo e todos,que as empresas se irão unir para poupar esforços e ordenados,fazendo assim que haja uma diferença social entre o mais pobre e o mais rico,quer seja no comercio tradicional,
na agricultura,pescas,tecnologia,comunicações, etc...

Onde tens que te juntar para nao seres engolido, mas..senhoras e senhores..
Isto pode estar a cair. E agora?! ..
Não deverão ser presos? despedidos?!..pagar com a guita que juntaram nos "off-shores" (nao tou irritado, calma...),e assim...enc0ontrar uma solução.
Se tiverem de vir cá para baixo pedir para sobreviver,hipotecar algumas casas,vender barcos e tudo mais..que vendam! estou em desacordo que seja o estado a ajudar estes,porque se há milhoes que desde sempre viveram na merda,mais uns quantos nao iria fazer muito mal.

Isto nao é nenhum recalcamento e apenas quer dizer que nao se trata de vingança,mas digamos que não deviamos dar uma sopa a quem cuspiu nela ja há muito tempo.
Ou seja...o capitalismo quando chega á falencia e á bancarrota vira-se para o Estado.

O que acham?!...não quero parecer radical,nao quero parecer comunista,nem extremista. Os que me conhecem sabem que sou uma pessoa de esquerda,mas como dizia o grande Capitão Moura,tento ser "justo, honesto,coerente e imparcial!".

Há que ser radical,temos de ir á propria origem da palavra. Radicais! Todas as pessoas que ouçam essa palavra ficam logo com uma noção de alguem louco,sem sentido,desgovernado..não!Um radical não é um louco, eu sou um radical,radical nos nossos principios,nos principios bem enraizados,nos principios que todos devemos defender,radicalmente responsavel,radicalmente responsabilizando,radicalmente humanista,comprometido com o que devemos fazer e defender. Justiça talvez. Isto é parte de 15 segundos de um breve excerto que o Valete pôs sobre um politico que veio mexer com isto ha uns quantos anos. No entanto os Media fazem-no passar por tolo,por um brincalhão que nao sabe o que faz. Não vou dizer quem é porque iam logo associar-me a esse Senhor,que sinceramente eu aprecio. Eu gosto desses que mexem com isto,estejam correctos em tudo ou nao(com certeza que não o estão),importa sim é que está a revoltar-se com "isto" com este marasmo com este viver como uma ovelha vive no rebanho enquanto muitos tomam conta disto..já me estou a distanciar do que quero falar,enfim pensem..nao papem tudo como vos é dado,racionalizem as informações que vos dão, ja é um principio.
Exemplo demasiadamente generalizado: Um pobre que chegue a rico, consegue (por vezes)aguentar-se, mas um rico que chegue a pobre (normalmente) tem muito mais dificuldades.
concordam?!..
enfim ninguem vai reponder,mas pode ser que pensem nisto.
ah vejam o KOYANISQATSI , é uma triologia sobre o universo e as nossas sociedades. Vejam,informem-se...explica isto tudo e o
caminho que já tomamos á muito.
(parecia um velho do restelo agora..)

Sem comentários:

Real Time Web Analytics